Videira:(49) 3566-7212

Campos Novos:(49) 3544-0115

Tratamentos

A Comunidade dispõe de diversos tratamentos para que a recuperação e reabilitação do nosso paciente seja na íntegra. Não queremos apenas tirar a pessoa do estado de dependência, mas também queremos colocá-la novamente na sociedade numa maneira positiva. Conheça agora nosso programa terapêutico:

  • Enfermagem

    A equipe de enfermagem controla toda a medicação que cada paciente possa tomar, além de auxiliar no restabelecimento dos pacientes. Também, é claro, estão sempre prontas para atender todas as necessidades médicas e realizar o devido encaminhamento;

  • Psicoterapia individual

    Busca avaliar até onde o uso de drogas e/ou álcool afetou psicologicamente. Esse processo acompanha o indivíduo em sua descoberta pessoal;

  • Psicoterapia em grupo

    Avalia a evolução do tratamento em grupo. Tendo uma visão macro do tratamento, pode-se trabalhar as mudanças de comportamento na coletividade, revendo conceitos e aprimorando técnicas;

  • Terapia cognitiva

    Tem como base a hipótese de “vulnerabilidade cognitiva”. O pressuposto básico envolve a interpretação que o sujeito faz de uma determinada situação, podendo ajudar a definir a resposta emocional e comportamental do sujeito;

  • Entrevista motivacional

    Hoje crê-se que a aderência do dependente ao tratamento depende da sua motivação. Sendo assim, sua atitude perante à dependência pode ser modificada ao longo do tratamento através de atividades terapêuticas. Os cinco princípios básicos desse tratamento são: expressar empatia, desenvolver discrepância, evitar discussões, fluir com a resistência e estimular a auto-eficácia;

  • Orientação vocacional

    Técnica psicológica que auxilia o paciente a descobrir sua real vocação profissional;

  • Estudo bíblico

    A proposta não é religiosa, mas sim espiritual, onde o indivíduo passa a trabalhar a fé em um poder superior, através de meditação e oração;

  • Laborterapia

    Cria um espírito de responsabilidade, produtividade, colaboração e participação, além de se manter ocupado e útil;

  • Estudo teórico dos doze passos

    É um estudo profundo dos 12 passos que tem como principais metas trabalhar entre outras questões a admissão de que o problema existe, que é preciso buscar ajuda, auto-avaliação, admissão de defeitos a outro ser humano, reparações dos erros cometidos e ajudar a outros na recuperação.

  • Aplicação prática dos doze passos

    Em grupo buscam aplicar o estudo dos 12 passos de maneira prática no dia a dia, preparando-se para a reintegração no meio familiar e social, utilizando-o como ferramenta contínua de tratamento;

  • Ação educativa

    É um fator que ajuda o residente a compreender que toda ação resulta numa reação de modo material e emocional, auxiliando na organização pessoal e no resgate da responsabilidade quanto a horários e compromissos;

  • Aulas de alongamento e educação física

    Trabalha a disciplina física e emocional, além de proporcionar condicionamento físico. O esporte é indispensável na recuperação;

  • Auto-avaliação

    O indivíduo expressa em grupo sua própria análise quanto à evolução de seu próprio tratamento e expectativas de reintegração social e familiar;
    Avaliação coletiva: cada residente tem a oportunidade de expressar sua visão quanto ao programa terapêutico em geral. É um espaço onde cada um pode auxiliar outros residentes;

  • Avaliação coletiva

    Cada residente tem a oportunidade de expressar sua visão quanto ao programa terapêutico em geral. É um espaço onde cada um pode auxiliar outros residentes;

  • Programa de prevenção “A Recaída”

    Um trabalho realizado antes de seu retorno para a família e sociedade. Prepara o indivíduo para sua reintegração, dando-lhe não apenas mecanismo para seu retorno ao círculo social, mas também ensinamentos em como enfrentar diversas situações e fases emocionais que podem o levar a sua recaída.

  • Programa co-dependência (para o familiar):

    Basicamente, baseia-se em depender da dependência do outro. Do mesmo modo que o dependente não tem controle sobre sua dependência, o co-dependente também não o tem. Este co-dependente participará de terapia familiar uma vez por semana com um psicólogo durante a permanência do dependente na comunidade. Também será sugerido que participe de grupos de auto-ajuda.

Videira - SC

Rua Setembrino Cumunelo Nº 150
Bairro Cinqüentenário.
CEP: 89560-000

49 3566-7212
Campos Novos - SC

BR 282, KM 341
CEP: 89620-000

49 3544-0115

Precisa de Ajuda? Fale Conosco

contato@ctsaofrancisco.com.br

Todos os direitos reservados - 2015 - Acesso Restrito | Webmail

Desenvolvido por Lovatel Agência Digital